25 de mar de 2010

Você tem defeitos e complexos estéticos?

Vejo muitas noivas se cobrando a perfeição das modelos que posam para as revistas e parece que nesta época, é um dos momentos mais difíceis para elas, pois serão o centro da atenção e todos os pequenos defeitos virão grandes e não se consegue mudar isto na cabeça das pessoas.

Dica então, se sentir que vai ser barra enfrentar a realidade, escolha bem a sua roupa para evitar chamar atenção justamente para o que você julga ser negativo em você.
Não sou eu, como fotógrafa e consultora, que vou dizer que isto é irrelevante.
Tudo o que incomoda, incomoda e pronto.
Vou contar um caso meu particular, sobre superação e acredito, interferência divina de DEUS, que tanto ouviu minhas preces para que ela ( minha filha) conseguisse deixar de ser complexada com a cicatriz dela.

Superação é algo que é sempre mostrado no final da novela Páginas da Vida, que acabou, na Rede Globo e a gente geralmente pensa " nossa, aquilo deve ter sido difícil de superar."
Basicamente só podemos reclamar dos grandes problemas e grandes superações.
Pois quero contar algo que passamos aqui em casa, que pode ser visto como futilidade, mas para quem for ler isto aqui, pense como não é nada agradável ser jovem, ser bonita e todos os dias ter que ficar explicando ou reparando as pessoas comentando ou olhando para a sua cicatriz.
Pois bem estou aqui organizando as fotos de um trabalho publicitário, que eu fotografei para a loja Fabíola Amorim, cuja proprietária, Socorro, tem todo o meu respeito, pois quando no passado minhas duas filhas iam ser damas e foram damas muitas vezes, depois de um toque uma vez através de sinais, todas as vezes que íamos lá, ao ver minhas filhas, ela já escolhia os vestidos ( parece que 90% os vestidos de damas de honra do mundo são de alcinhas) já falava quando elas experimentavam as roupas " este vestido está muito smples, poderíamos colocar flores aqui na manga, poderííamos fazer uma manga bufante aqui......"isto por causa da Bárbara."
Isto por conta de uma queimadura no ombro e parte do ante braço.












Nesta foto acima, acho que já haviam se passado mais de 2 anos..pois o cabelo atrás já estava grandinho, pois como queimou o couro cabeludo também e teve que raspar e ficar com corte surfista. Mais tarde, sabia orientar a mesma, a achar a roupa certa das primeiras festas, após os 12 anos. pois tudo nesta idade é sem manga, até no inverno,
roupas em geral de festas são sem manga mesmo, repararam?

Quando tinham 12 e 13 anos,as duas fizeram fotos publicitárias, se passando por meninas de 15 anos, para a Fabíola Amorim, ganhando créditos para alugar roupas de festas na loja e acharam o máximos.
Semana retrazada, as minhas filhas foram chamadas novamente para serem modelos dela.. E desta vez, recebendo "dindim", uma coisa profissional, já que elas posam para algumas publicidades desde ano passado.
Acaba que por eu ser fotógrafa, elas tem alguma oportunidade extra, pois como são bonitas, nunca deixo de oferecê-la aos meus clientes. Já posaram para Dia de Noiva também.
Bom, pensando aqui, senti aquela vontade de mãe de ir la na Globo e falar....minha filha é linda e queimou-se aos 4 anos e quando percebeu o preonceito, passou a esconder-se com roupas, apesar do calor e nem para as amigas intimas, deixava aparecer a cicatriz e no início, eu me lembro de mim mesma na rua chorando, triste com o "destino dela". Houveram algumas interferencias externas, como aplicação de cortizona, que atenuaram o problema, mas a cicatriz continua ali, grande e avermelhada, roubando a beleza na totalidade da minha filha linda e loira.
Futilidade? Porque não é com você ou com sua filha.
Dor de mãe, que quer só o melhor para seus filhos e quantas lágrimas dela enxuguei, no processo dela tentar enfrentar o problema e nao dar conta e trocar mil roupas. Quantas festas de piscinada fomos, ela enrolada na toalha e uma olhando a outra sabendo o que se passava na cabeça uma da outra...ela sabia tanto quanto eu queria que ela enfrentasse e eu sabia tanto o que quanto era difícil para ela.....e mais ela segurava a toalha...e seu sempre dizia..."faz a mágica acontecer.......lute contra este constrangimento" Nunca falei aquelas tolices que considero ridículas e falsas: " Ah, que bobagem, deixa pra lá". Gente, ela tinha espelho em casa...sabia que chamava atenção naquela pele de pêssego e branca dela, as marcas. Só ela as tinha e as colegas e na pre adolecencia tudo toma proporções maiores. Vai ser em voce, vai todos os dias as pessoas te apontarem e perguntarem o que foi? É um porre. Quando pequena ela saía em branto de lojas. No início, como queimou o rosto e parte do couro cabeludo e teve que raspar tipo corte surfista conforme já citei, usava faixa hospitalar e a gente saia ela com uma cabeça de elefante de tecido,do teatrinho da escola e pantufas de tigre, com desculpa que ela estava fantasiada, que ia ser divertido, pois não queria nem sair mais ou com roupa com capuz, mas as pesssoas queriam porque queriam saber o que foi e me lembro dela se escondendo atrás de mim.
Vou procurar estas fotos e colocar aqui para vocês imaginarem a cena.....o que a gente não faz para tentar contornar situações e ajudar um filho.
Bom, foram 9 anos de grandes sofrimentos, intervenções dolorosas, constrangimentos, sempre escondendo..........mas nunca amaldiçoou a situação, mas eu sempre disse: "olha, aconteceu....não é bonito.......tem chances de melhorar mas nunca ficar perfeito, você vai ter que dar conta de passar por cima disto e eu nao sei como vai ser e nem como vai dar conta e eu entendo a sua dor."
Pois DEUS, através de uma namorada de meu filho, que sempre teve muita ascensão sobre ela, a convenceu um dia, ir ao shopping com eles de camiseta de alcinha e me trouxeram a foto e eu guardei por muito tempo, nao sei onde está.
Nas primeiras vezes, que eu a via escolhendo roupas sem manga...fazia sinal para a mais nova não falar nada e não ficar olhando....como se aquilo fosse normal....pois sabia que as vezes ela ainda mudava de ideia e trocava de roupa e quando ela dava conta de sair eu falava" nossa, voce ficou linda com esta roupa" e ficava toda feliz. Durante uns 3 meses, ela passava corretivo, base e pó e aos poucos foi cansando daquilo e foi parando e acho que foi aprendendo a ligar o botão do F.
Hoje vai nas melhores festas, foi trabalhar de "mamãe noel "no shopping itau em 2009 e não usa mais nada e nao se incomoda com as perguntas e nem com os sem educações que falam de maneira desagradável.

No final do ano, vocês acreditam que um funcionário do promove, aplicando uma prova em separado nela, disse: "também, quem mandou querer tomar café pelo braço". Isto geraria até um processo, mas ela só o achou ridículo e deixou pra lá.

Bom, há duas semanas atrás, fazendo esta publicidade para a Fabíola Amorim e desta vez, a maquiadora, não passou corretivo na produção no braço dela e eu nem reparei. Vendo as fotos depois, Bárbara disse que por ela, não tem nada haver, mas como devo neste momento satisfações ao cliente, apresentei a primeira prova do trabalho e já me adiantei e disse: "a maquiadora não fez a correção e isto vai ser tratado."



A cliente disse: "Ela está linda e o cabelo tampou mais da metade e isto pouco importa para mim, o que me interessa é a pose dela e a roupa minha que ela está vestindo." Pois uma menina de 17 anos, é capaz de não ligar para algo, que eu, tola, aos 45 anos, ligaria se fosse comigo, se fosse minha modelo para meu produto. Quero agradecer muito a DEUS, o milagre, não de sarar minha filha, ( apesar que o estrago que a água quente do café fez no rosto na epoca e no braço terem sido gravissimo) mas de fazê-la importar-se com coisas mais importantes do que cicatrizes. E me ensinar muito com tudo isto. Não estou na rede Globo falando isto e acredito que poucas pessoas vão ler aqui, mas acredito que as vezes, quem estiver precisando de ler, possa ler. saquei que o que é "menos grave" , parece que não pode ser reclamado e nem chorado. Mas quem tem sabe o que é pensar " eu poderia não ter isto"
Resumo, tente superar, seja lá o que for...nunca será fácil, mas depois que der conta, não vai ligar a mínima para o que estiver lhe incomodando.

Um comentário:

  1. Não tenho o que dizer...
    dizer que Bárbara é linda???
    dizer que vc como mãe esta de parabens???
    dizer que azar dos outros???
    dizer que não estamos nem ai????
    não......
    PARABÉNS A BÁRBARA QUE SOUBE TIRAR DE LETRA E SABE VIVER A VIDA COMO DEUS LHE PERMITIU VIVER...
    PARABENS BÁRBARA

    cléo perrella

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails