7 de ago de 2010

Dicas para quem vai casar: Assessoria

Eu trabalhei alguns anos como assessora de noivas.

Ainda não perdi a mania de assessorar e o faço de boa vontade e sem cobrar, porque na verdade, são simples dicas, palpites, contatos e não me custa nada ajudar minhas clientes.

Deixei de ser cerimonialista, há 2 anos atrás e meu último contrato cobrei R$ 1.500,00 para efetuar meu trabalho e coordenar uma equipe impecável que vestia realmente a camisa.

Acreditem, eu valia cada centavo pago, pois resolvia tudo mesmo e tirava o peso da família e dos noivos, quanto a contratar motorista para ficar por conta nos 2 últimos dias antes do casamento, mandar buscar o terno, o vestido, acessórios, roupas de damas e entregar tudo na casa de cada um e depois entregar de volta, buscar os bem casados, convites na gráfica, levar para a calígrafa, entregar para a noiva, contratar serviço de motoqueiro para sair entregando os convites nos endereços, contratar van para o transporte das pessoas etc...ufa...era muita coisa mesmo...rs...agora que me lembrei porque não faço mais assessoria e só dou palpites e dicas e só fotografo.

Eu não vejo cerimonialistas fazendo como eu fazia e acredito que as que fazem, são as de um nível mais alto e devem cobrar bem para tal função, pois não é brincadeira não.

Então, a dica dica de hoje é sobre um profissional que para muitos é um luxo desnecessário, mas para outros é um grande apoio na organização deste mega-evento que é o casamento.

A função da assessora de casamentos surgiu na década de 90, junto com a necessidade de organização de um casamento, mas com a falta ou total disponibilidade de tempo por parte dos noivos. No passado as noivas e suas mães eram responsáveis pela organização e busca dos diversos profissionais que trabalhavam para que tudo fosse exatamente como o casal sonhou.

Com a entrada das mulheres no mercado de trabalho e a falta de tempo para se planejar e gerenciar todos os profissionais de casamento foi que surgiu a assessoria de casamentos.

No início com o nome de cerimonialista, a sua função era apenas de organizar os acontecimentos da cerimônia, hoje com uma função complexa e de grande importância, a assessora acompanha cada um dos acontecimentos da noiva e oferece suporte para que tudo saia perfeito no dia do casamento.

A primeira experiência de uma assessora de casamentos normalmente acontece no seu próprio casamento. Por sinal, brincamos que quase toda noiva tem a síndrome de “ eu vou abrir um cerimonial” depois de casarem. Depois de viver o desafio de organizar e planejar seu casamento a noiva, agora casada, percebe quão útil pode ser todos os conhecimentos adquiridos na organização do seu próprio casamento e acaba transformando sua vivencia em profissão. Algumas realmente tem o dom e a capacidade de gerenciar tantos fornecedores e atividades, outras só ficam na tentativa.

A assessoria normalmente se inicia muitos meses antes do casamento, ainda no período de preparação e busca de profissionais para o casório. Essa profissional normalmente oferecer sugestões, dicas e indicações de profissionais dentro do orçamento dos noivos, de forma a ajudar, facilitar e até poupar o casal das inúmeras visitas a profissionais e empresas para a escolha de tudo que vai acontecer no casamento.

A função da assessoria se torna especialmente importante nos 2 últimos meses que antecedem o casamento, principalmente porque os noivos estão completamente focados na entrega dos convites, responsabilidade essa que toma muito tempo e a presença da assessora é muito importante.

Mas como nem tudo são rosas é importante salientar que esse tipo de profissional, quando pouco capacitado para a função, acaba deixando você na mão quando você mais precisa.

Uma boa cerimonialista precisa:Ajudar você no planejamento de tudo que vai acontecer no casamento

*.Fazer o contato com cada um dos profissionais contratados com pelo menos 1 semana de antecedência, oferecendo um briefing de tudo que vai acontecer no evento

*.Indicação de profissionais para ajudar na seleção e contratação dos mesmos. Algumas exigem comissão dos fornecedores, algumas aceitam, ( parece igual, mas não é)

*.Suporte para a solução de problemas, dúvidas ou incertezas na organização do evento

Integração dos profissionais contratados para o evento (mesmo que não tenham sido da “indicação” da assessora)

*.Supervisão e acompanhamento de todos os serviços no dia do casamento (desde a montagem até o fim da recepção).

* Para finalizar, uma dica: Não abra mão de indicações destes profissionais por outras noivas. Se você recebeu a indicação de alguém, peça pelo menos 6 telefones de noivas que ela fez assessoria nos últimos 3 meses.

Eu conheço algumas boas cerimonialistas e sempre as indico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails