2 de fev de 2011

Minha filha caçula

Foi hoje, para o primeiro dia de aula, na escola nova.

Ela não dormiu direito a noite, disse que acordou três vezes.
Estava com as mãos geladas e despediu-se de mim com um abração bem apertado, quando a moça da secretaria a acompanhou para a sala nova.
No caminho no carro, ela me disse algo que me surpreendeu:
“Tomara que eu não seja a mais bonita da sala!”
Fiquei surpresa com este desejo dela, não entendi e pensei:
“Ora, não é o que queríamos a vida inteira, sermos a mais bonita a mais popular da sala?”
Ai reparei que ela não usava nenhum anel, nem brincos, nem perfume, nem maquiagem.
Questionei isto e ela explicou: “ Se sou das mais bonitas, não consigo me enturmar com as meninas, que passam a me isolar e acabo fazendo amizade só com os meninos.”
E descobri, do alto dos meus 46 anos, que beleza atrapalha e nunca tinha imaginado isto.
Ela é fashon, estilosa, bonita, carismática, educada, tranqüila, popular e sempre pensei que isto abrisse as portas e vejo que isto pode realmente ser uma faca de 2 gumes?
Ah, esqueci de comentar..não estou falando de uma criança, mas de uma moça linda de 16 anos, que entrou para o terceiro ano do ensino médio, em uma nova escola, onde não conhece absolutamente ninguém
Reparei então, que apesar dela profissionalmente ser uma de minhas fotógrafas, de fazer books maravilhosos, de já ter feito sozinha capa de cd de dupla sertanejo universitário, de fazer dupla com a irmã e maquiar nas festas de 15 anos e casamento no camarim, modelo há 4 anos da Fabíola Amorim, ali estava a minha filha, a menina, a caçula e que estava, como quando pequena, com aquele medo do primeiro dia de aula.
Eu tive que ir na sala ao lado da dela, para deixar pago a cala e ao vê-la na sala, que estava em troca de turno de professor, a vi quietinha, na primeira carteira e aqueles olhos de bezerro assustado....rs....oh vontade de pegar e levar pra casa...minha menininha.
Tive que ser discreta...afinal, pelo amor de DEUS, mico de mãe no primeiro dia, é estragar a reputação pro resto do ano letivo né?
Avisei com sinais que estava entrando na sala ao lado, que é uma lojinha e já deixar pago a calça do uniforme.
E passei os olhos nas meninas da sala...todos bonitas, mas morenas e ela única com cabelo na cintura com mexas californianas...rs..não adianta, deve ser uma das mais bonitas mesmo.
Ai, voltando para casa, pensei em escrever isto aqui no Blog e contar para vocês que nós mães, as vezes esquecemos que vocês filhas, ou cresceram, ou ainda tem o lado inseguro e nos atrapalhamos ao lidar com vocês.
Estes dias, no Orkut, conversei com mães de noivas, falando sobre este momento de vocês, onde queremos estar presentes e parece que não temos o direito ou leio noivas falando que as mães estão distantes, não participam, não dão força.
Mães são gente também e como erramos. Peço desculpas em nome de todas nós, a vocês moças que vivem falando que a gente isto, a gente aquilo.
Juro, a gente faz o que dá pra fazer, o que achamos o certo.....
Mas preocupem não, serão mães um dia e seus filhos TAMBÉM vão falar que vocês erraram com eles...é sempre um repeteco.
O que aprendi nos últimos 2 anos, convivendo tão próximas com meus três filhos, com os amigos deles, com os problemas deles, não aprendi na minha vida inteira.
Vocês filhos, nos ensinam diariamente, nos mostram ângulos que nunca imaginamos existir.
Ela mesmo hoje estava falando sobre fulana que vive saindo com beltrana e fala da beltrana
por trás, as manias chatas dela, as picuinhas e que as turmas saem juntas pra não ficarem de fora.
Ah, mas como eu posso entender algo absurdo deste tipo, se minhas filhas não fazem isto?
Só saem com quem elas gostam e se dão bem e não ficam neste tititi.
E vejo então, que sou muito radical, que não entendo o mundo do coleguismo, pois quando eu sou amiga, eu sou amiga e pronto.
E não aceito mentiras, não aceito traições e já levei muito na cabeça por confiar nas pessoas e ver que fui usada, que depois fui descartada.
Enfim, acredito que nos últimos tempos, estou vacinada contra cair nas armadinhas, RS...será que é possível?
Bom, mas eu quis dividir este meu momento com vocês e falar, que como mãe, que a sua também fica na dúvida se está lidando com a menininha dela ou com a moça independente.
Para quem está casando, fica ai a lembrança que, antes de sermos mães, somos simples mortais, com dúvidas, dias bons, dias maus, falta de tempo, falta de paciência, excesso de amor sufocante, excesso de conselhos e palpites.
Beijo meninas.









rafia  Foto Fotógrafa fotografias filmagem de casamento noiva em belo Horizonte Contagem Nova lima Betim Santa Luzia Externa Solar do Engenho Caraça Pampulha Santo Antônio do Leite Museu Abílio Barreto Praça da Estação Serra da Canastra Inhotin Inhotim Igreja católica evangélica batista culto ecumênico celebrante pastor padre Lourdes Lurdes Boa Viagem Santa Clara São José Afonso pena Clube da Caixa Usiminas, Amagis Minas II Residence Pampulha santíssima Trindade Curso de noivo noivos noiva entrada com os papéis cartório civil aliança vestido lua de mel pacote sapato anágua dia da salão de beleza maquiagem cílios postiços Jaqueline Rabelo Amadeus decoração flores bouquet buque calda véu arranjo de cabelo penteado massagem brinco tiara arranjo velas iluminação cênica DJ banda convite bolo decorado Buffet Cléo perrela Tereza Cavalcanti santa Lúcia catarina  salão de festas decoradora cerimonial terno fraque dama pajem entrada das Mariângela Maria Antônia Marcus martineli carro carruagem altar coral musica músicos religiosos pirulito piriguete santo Antonio jogar o lembrancinha BM casado, macarron toalha arranjo corredor chuva de arroz pétalas bolinha de sabão álbum de noivinho de biscuit bisqui casalzinho bombom trufa doces decorados prato quente garçon recepcionista segurança confirmação lista de presente padrinhos madrinhas cortejo bíblia avó Graciele Aguiar Facebook portifólio acessóro agradecimento balão pista de dança pisca pisca brinde bebida bracelete cabide ar livre celta chinelo sapatilha segurando o choro chá de ligerie flor na lapela fotos de artifiios fornecedores sensual sensuais primeira noite  cupcake chá de panela coração picado passar a gravata cortar picar leque lenço kit ressaca guardanapo de linho pano papel lembrete luva luvas Mac]ã do amor bombom bombons caixinha missal palito decorado sapato do noivo unha veuzinho para solteira fita fitas árvore dos dedinhos tags sorvete jantar prato quente salgado cardápio gravidez gestante acompanhamento recém nascido bebê criança newborn parto hospital minas gerais save the date noivado intimo pequeno comida de boteco cinta liga boneco salgadinho salgado ritual tradição costume forminha tabela SPA alugar dica sandália coque solto belvedere Maria rainha mãe manto mantilha aluguel apartamento casa entrando sozinha
Sobre a Autora: Fotografia 
Graciele Aguiar
Este blog foi criado inicialmente para mostrar as minhas clientes, muitas coisas interessantes e bonitas que eu fui vendo nas redes. Passei a pouco a publicar minhas fotos assinadas também, pois adoro registrar casamentos e eternizar em imagens, os momentos mais especiais da vida das minhas noivas. E depois, fotografar os bebês que sempre surgem do amor do casal. Sou psicóloga, casada há 25 anos, mãe de 3 ex-nenenzinhos que já viraram adultos e tenho 48 anos.          Sou de Divinópolis e moro em Belo Horizonte Querendo orçar foto e filmagem para seu casamento ou esclarecer  algo que eu postei, aqui estão os meus contatos:  (31) 3088 2953, 3464 4436 e 9615 1690 E-mail: graciele@gracieleaguiar.com.br 
Facebook: www.facebook.com/gracieleaguiarfotografiabelohorizonte


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails