8 de out de 2011

Como lidar com fornecedores

Muitos fornecedores estarão presentes no dia do seu casamento, tais como fotógrafo, músicos, DJ, etc.
Ficam aqui algumas dicas para lidarem com eles de forma a conseguirem o melhor de cada um no dia do vosso casamento.
Conheçam os fornecedores
Antes do dia do casamento conheçam os seus fornecedores, especialmente o fotógrafo, com o qual deverão sentir-se à vontade para obterem fotografias ainda mais extraordinárias.
Sejam claros acerca do que pretendem; transmitam aos seus fornecedores claramente o que esperam deles.
Saibam quais as roupas que pretendem usar
Perguntem ao fotógrafo, DJs e todos os fornecedores que estarão em contato com os convidados, que roupas pensam usar no dia. Eu já vi de tudo em casamento. 
Está calor? Tem que os homens estarem de manga comprida no mínimo. Meu parceiro o Pedro Abner, só usa terno sempre..pode estar o calor que for.......afinal, nós simbolizamos o lado glamouroso do evento e se é pedido que os padrinhos estejam de terno, é o que se espera do profissional ali trabalhando.É uma festa social. Camisa sem ser branca para cinegrafista e fotografo, é complicado, pois como fotógrafa eu tenho o cuidado de não registrar o outro profissional atrás na foto, mas se ele está de branco ou outra cor, é fogo, chama mais atenção ainda na foto e ficar tirando um a um da imagem, é trabalho que nao tem fim.
Me lembro de uma vez, de 2 cinegrafistas usando como uniforme, camisas de manga compridas, mas vermelhas, com a logo deles no bolso, isto é, era o "uniforme" deles. 
Outra vez, foi um azul esverdeado claro....e se a equipe de foto e filmagem, usa preto, é mais fácil disfarçar nas fotos e na filmagem.....e EU GRACIELE acho mais chique e harmônio e ficamos bem discretos no altar e circulando na festa.
Mas é só um comentário....
Antes de tudo acontecer planejem com eles o tipo de vestuário adequado ao seu tipo de casamento: formal, semi-formal, casual.
Os fornecedores não deverão sobressair entre os convidados, por isso deverão estar vestidos de acordo com os restantes convidados.
Saibam quem vai estar presente no dia
Certifiquem-se de quantas pessoas é que os fornecedores levarão para o seu casamento (assistentes, auxiliares…). Isto é muito importante para contarem com o número exato de pessoas, de refeições e de agradecimentos pelo trabalho. Este tipo de informação também é muito importante para ser colocada no contrato celebrado com o fornecedor.
Definam os horários
Com a banda, DJ ou animadores, saibam de antemão a que horas é que pretendem colocar o equipamento, e não menos importante, a que horas é que o pretendem remover do local.
Para decidirem isto com eles, terão de ter em conta as horas contratadas com o fornecedor, mas também as horas contratadas com o local da recepção, pois não vão querer que os músicos estejam a fazer testes de som durante a recepção, ou ter de pagar horas extras pela ocupação do local.
Mencionem o que não querem
Por vezes, mais importante do que o que pretendem, é o que não pretendem de forma alguma.
Dê ao DJ/Banda a lista das seus músicas favoritas, desta forma assegurar-se-ão que as músicas de que gostam irão ser tocadas e não terão surpresas desagradáveis.
Elaborem e forneçam um plano de ocorrências
Passe aos seus fornecedores um plano do dia do casamento e de todos os acontecimentos previstos.
Façam previamente uma tabela horária, com a devida tarefa de cada fornecedor - incluindo todos os fornecedores sem exceção - ; mencionem a que hora a noiva será maquiada pela maquiadora, a que horas entra ou sai a florista da igreja, o horário da cerimônia, o transporte, toda a recepção e qual o tempo que irá durar cada momento.
Neste plano, incluam as pausas que a banda irá fazer, e certifiquem-se que não será feita uma pausa num momento importante como a primeira dança dos noivos.
Não se esqueçam de fornecer ao cerimonial e ao buffet, uma cópia desta tabela de ocorrências.
Isto é fundamental para que os fornecedores prestem um bom trabalho, pois se não estiverem elucidados com este tipo de informação não prestarão um serviço tão bom como o que poderiam fazer.
Contem com os pedidos dos convidados
Informem a banda ou DJ que devem aceitar pedidos dos convidados, mas dentro de que limites o podem fazer. Conversem com eles sobre possíveis acontecimentos que poderão surgir e como lidar com eles da melhor forma.
Atenção a todos os detalhes
O DJ ou vocalista da banda ou quem faça o papel de cerimonial, deverá ter uma lista com todos os nomes e corretas pronúncias de quem poderá anunciar; isto para não tornar um momento especial num momento embaraçoso.
Constatem o profissionalismo do fornecedor
Antes de assinarem contrato com algum fornecedor, verifiquem o seu trabalho passado, peçam referências a outros casais e claro, optem sempre por um fornecedor certificado na área.
Preparem as refeições dos fornecedores
Informem os fornecedores que estarão presentes no dia do casamento, onde é que poderão jantar/almoçar e em que horário e sem bebidas alcoólicas evidentemente. Já vi DJ chapado em festa, cinegrafista com copo de whiscky ma mão filmando e por ai vai.
Sejam gratos
Depois da lua de mel, não se esqueçam de agradecer aos fornecedores, o trabalho e dedicação que tiveram pelo seu dia, se tudo correu bem. Telefonem ou mandem um e-mail.
Uma vez, trabalhei para uma mãe de festa de 15 anos, que mandou um e-mail coletivo, falando de cada empresa ou profissional que trabalhou na festa e mandou com cópia para todos. Na verdade, foi a proprietária do Cleo Perrela, que por sinal me contratou para a festa do aniversário do filho de 3 anos, da filha de 15 anos e da sogra de 80 anos.
"GRACIELE AGUIAR:
Voce...estava doida para chegar na sua vez....eta fornecedora insistente.....mas correta.
"Não quero isto" e ela fazia ,..."não quero aquilo"...e ela fazia.
E no final vou dar o braço a torcer...ainda bem que ela fez....
Vai ficar para sempre....Mãe de primeira viagem , quer poupar a filha , para não cansar e etc...mas não cansou , divertiu e ainda vez as fotos. OBRIGADA A VOCE E AO PEDRO PELO CARINHO COM MINHA FILHA. VCS SÃO 10. OBRIGADA MESMO DE CORAÇÃO."

Falou de cada um e isto além de requintado, serviu até para que nós fornecedores ficássemos sabendo melhor quem trabalhou na festa dela e os elogios que tiveram.
Se algo correu menos bem, deverão de conversar com o fornecedor responsável e chegar a uma solução razoável para ambas as partes - e obviamente salvaguardarem-se previamente com contratos para este tipo de situações! Contudo lembrem-se sempre que uma parte do bom desempenho dos fornecedores depende dos noivos: das informações dadas, da organização de todo o evento, e da consideração e educação com que se tratam os outros.
Eu normalmente tenho a oportunidade de trabalhar com pessoas educadas, que sabem que apesar de estarem me pagando e eu estar cumprindo contrato, que desejo de coração que tudo saia maravilhosamente bem em seu grande dia e me agradecem muito pela minha dedicação.
Já trabalhei para pessoas, que me viram apenas como a cumpridora do contrato e isto me fez realizar simplesmente o trabalho.
Já fotografei noivas que passados 4 anos, ainda conversamos no MSN, no Orkut, facebook, que as vezes nos falamos por telefone, que quando nos encontramos em outro evento, que a alegria do encontro é verdadeira.
Mas aprendi com a vida, que o fato da pessoa ser seca comigo, reservada e de poucos sorrisos, isto não significa que ela não gostou da minha pessoa ou do meu trabalho e sim que ela é daquela forma mesmo.
Eu já tive alguns clientes assim, muito na deles, muito reservados e que no início, eu achava que isto significava que não estavam gostando ou da minha pessoa ou do meu trabalho.
Pessoas que falavam: não gosto de fotos, não quero posar e que não colaboravam mesmo para que eu conseguisse um trabalho especial.
Mas estas pessoas, me ensinaram muito e me obrigaram a ser mais criativa ainda, me virar.
Pois era isto quem elas queriam, que eu conseguisse as fotos, de maneira que elas não tivessem que fazer. E um destes casais, chegou a me pedir desculpas ao final do evento, cientes que não colaboraram, vocês acreditam?
No início, a pergunta que me vinha a mente era: “ mas porque eles me escolheram, se eu sou tão despachada, tão brincalhona, tão cheia de idéias? Porque não escolheram alguém na dele, alguém mais tradicional?”
Nesta noite, foi no clube da Usiminas por sinal ( nem postamos as fotos, pois eles eram avessos a divulgação) entendi ao final.
Me escolheram por saber que eu me empenharia, que daria um jeito. Que seria criativa o suficiente para conseguir fotos especiais, do modo que eles queriam.
Tanto que no meio da festa, saquei como conseguir que posassem. Quando eles iam circulando,( eu ia estilo gato de Botas, lembram da estória?) pedindo que quando passassem, que eles pedisse para fazer fotos. Consegui muitas fotos deles assim. Fazia a foto da turma e puxava o zum e fazia close deles. E eu fazia aquela cara de vitória depois da foto, tipo “ eu não pedi nada, foram seus amigos que chamaram”
Aquela mãe da festa de 15 anos que eu citei antes, que mandou um e-mail coletivo, fiz a mesma coisa. Ela não gosta de foto de forma alguma e eu ia só “toreano”, sabia que ela não recusaria poses com os amigos pedindo.....
Sim, pois fotos espontâneas são ótimas, mas detalhe, na maioria das vezes voce está meio corcunda, ou falando ou isto ou aquilo.
Acaba que as espontâneas bonitas mesmo para irem para o álbum, são sempre em menor quantidade que as posadas. Mesmo que posadas fazendo de conta que não se está vendo que está sendo fotografada.
Jaqueline Rabelo Amadeus decoração flores bouquet buque calda véu arranjo de cabelo penteado massagem brinco tiara arranjo velas iluminação cênica DJ banda convite bolo decorado Buffet Cléo perrela Tereza Cavalcanti santa Lúcia catarina  salão de festas decoradora cerimonial terno fraque dama pajem entrada das Mariângela Maria Antônia Marcus martineli carro carruagem altar coral musica músicos religiosos pirulito piriguete santo Antonio jogar o lembrancinha BM casado, macarron toalha arranjo corredor chuva de arroz pétalas bolinha de sabão álbum de noivinho de biscuit bisqui casalzinho bombom trufa doces decorados prato quente garçon recepcionista segurança confirmação lista de presente padrinhos madrinhas cortejo bíblia avó Graciele Aguiar Facebook portifólio acessóro agradecimento balão pista de dança pisca pisca brinde bebida bracelete cabide ar livre celta chinelo sapatilha segurando o choro chá de ligerie flor na lapela fotos de artifiios fornecedores sensual sensuais primeira noite  cupcake chá de panela coração picado passar a gravata cortar picar leque lenço kit ressaca guardanapo de linho pano papel lembrete luva luvas Mac]ã do amor bombom bombons caixinha missal palito decorado sapato do noivo unha veuzinho para solteira fita fitas árvore dos dedinhos tags sorvete jantar prato quente salgado cardápio gravidez gestante acompanhamento recém nascido bebê criança newborn parto hospital minas gerais save the date noivado intimo pequeno comida de boteco cinta liga boneco salgadinho salgado ritual tradição costume forminha tabela SPA alugar dica sandália coque solto belvedere Maria rainha mãe manto mantilha aluguel apartamento casa entrando sozinha
Sobre a Autora: Fotografia 
Graciele Aguiar
Este blog foi criado inicialmente para mostrar as minhas clientes, muitas coisas interessantes e bonitas que eu fui vendo nas redes. Passei a pouco a publicar minhas fotos assinadas também, pois adoro registrar casamentos e eternizar em imagens, os momentos mais especiais da vida das minhas noivas. E depois, fotografar os bebês que sempre surgem do amor do casal. Sou psicóloga, casada há 25 anos, mãe de 3 ex-nenenzinhos que já viraram adultos e tenho 48 anos.          Sou de Divinópolis e moro em Belo Horizonte Querendo orçar foto e filmagem para seu casamento ou esclarecer  algo que eu postei, aqui estão os meus contatos:   (31) 3088 2953, 3464 4436 e 9615 1690 E-mail: graciele@gracieleaguiar.com.br 
Facebook: www.facebook.com/gracieleaguiarfotografiabelohorizonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails