1 de nov de 2011

Cerimonial - parte 2 ( continuação da postagem de ontem)


Vou completar aqui minha postagem de ontem, que como voces sabem, é programada com alguns dias de antecedência..
Sábado, durante meu casamento na Igreja São José, encontrei com uma noivinha chamada Cris, que tricotávamos muito no orkut há muito tempo atrás.
Ela rodou, rodou e não aguentou e desabafou comigo, como ficou decepcionada com o cerimonial e buffet que contratou para o casamento dela, que ocorreu em 2009.
Disse que acreditou na empresa, porque no Orkut, todos falavam que a empresa era ótima e que a pessoa a adulava muito, a tratava como uma princesa.
Mas que no dia mesmo, muita coisa combinada, ficou a desejar e que o buffet não foi tudo o que ela esperava e que, muitos convidados lém de reclamar que não comeram bombons, que um irmão ou primo, não me recordo agora, que viu a tal "fofa" do cerimonial "roubando" caixas de bombons fechadas e colocando no carro.
E não é a primeira vez que escutei reclamações desta empresa, ate eu mesma vou fotografar agora uma ex noivinha minha, a festa da neném dela que fará 1 ano e ela reclamou muito disto...muita conversa, pouca ação e transparência.
Muito complicado isto ne gente?
Mas entrei neste assunto, mas o que queria falar era outra coisa.
No Jornal estado de Minas hoje, uma noiva postou reclamação sobre um cerimonial que eu conheço bem e é muito bom.
A noiva, que casou-se em junho do ano passado e entrou em contato 2 meses depois com o cerimonial, para questionar alguns pontos, escreveu ali reclamações que, eu que não sei da estória direito, fiquei de cara com as pontuações.
O que ela reclamou: que depois de terem feito ensaio antes, com o cerimonial, uma das recepcionistas do cerimonial, pediu que o noivo invertesse a posição na hora do cortejo com a mae dele, coisa que o mesmo se recusou a fazer, baseado que havia feito antes o ensaio naquela posição. Ora, ou antes ou na hora, houve uma falha, que por sinal não foi explicada a posição que ele entrou para avaliarmos onde foi o primeiro erro.
Alegou que quando ela estava para entrar, que a recepcionista fez ela esperar a musica começar.
gente, como eu disse, não sei nada além do que li no Jornal de hoje pela manhã, mas se ela tivesse reclamado que entrou e a musica não foi suficiente, mas que eu saiba, primeiro a música começa e ai sim, a noiva entra.
Reclamou a mesma coisa, das damas bailarinas entraram com a música começando.
E por fim, a quarta coisa que reclamou, que o padre entregou o certificado do casamento para o noivo e que o mesmo entregou para o cerimonial ( olha, se estava com ele, que ficasse com ele, mas ok, ele quis entregar e entregou) E aguardou que o cerimonial o procurasse para entregar depois.
Não sei o que aconteceu neste meio tempo, mas o cerimonial alegou no Jornal, que desde sempre, o certificado estava em poder da secretaria da igreja.
Resumo...falta de bom senso, falta de comunicação
Ah, e a noiva reclamou que quando procurou o cerimonial, 2 meses depois, que falaram que a supervisora entraria em contato.
E realmente entrou mas na hora ela não pode dar atenção a ela e mandou que a mesma ligasse depois.
Gente, não estou falando sobre o que é certo ou não, mas colocar a realidade para voces.
Se voce reclama 2 meses depois, coisas que, ok, estão te incomodando...mas não tão relevantes...a pessoa liga e voce não pode atender na hora, é quase que "normal" que a pessoa sentir que fez a sua parte e deixa pra lá.
Não estou dizendo que o sentimento da noiva não deve ser levado em consideração, mas não vi nada consistente para tanto drama e o que me incomodou, quase 500 dias depois, ir na mídia, falar estas coisas.
Ah, se minhas noivas descessem do salto e rodassem a baiana, muito cerimonial iria é fechar as portas, de tantos erros e falhas graves que já aconteceram que eu já presenciei e/ou elas reclamaram comigo.
Sei que noiva é um ser muito delicado, mais nervoso, estressado, mas é necessário saber cobrar, saber conversar e resolver as coisas.
Ainda em tempo, cerimonial não faz mágica: se voce contrata um mal buffet, digamos assim, poucas coisas podem ser feitas para se resolver o problema.
Mas é super acertado e válido, que voce peça para que seus fornecedores conversem com voces, através de seus cerimoniais, para não se estressarem tanto e terem uma boa filtrada de problemas.
Mais uma coisinha, já que hoje estou com a língui afiada: dá para voces escolherem melhor os profissionais?
Não é só profissional ruim de serviço, é muita noiva voadinha ou que fica contratando os mais baratinhos em várias contratações e depois ficam se lamentando.
Ufa....falei!
Querem uma assessoria  de graça, bem neutra?
Podem me escrever a vontade no graciele@gracieleaguiar.com.br que de coração, tudo o que estiver ao meu alcance, tentarei ajuda-las com dicas, indicações e esclarecimentos.
Crafia  Foto Fotógrafa fotografias filmagem de casamento noiva em belo Horizonte Contagem Nova lima Betim Santa Luzia Externa Solar do Engenho Caraça Pampulha Santo Antônio do Leite Museu Abílio Barreto Praça da Estação Serra da Canastra Inhotin Inhotim Igreja católica evangélica batista culto ecumênico celebrante pastor padre Lourdes Lurdes Boa Viagem Santa Clara São José Afonso pena Clube da Caixa Usiminas, Amagis Minas II Residence Pampulha santíssima Trindade Curso de noivo noivos noiva entrada com os papéis cartório civil aliança vestido lua de mel pacote sapato anágua dia da salão de beleza maquiagem cílios postiços Jaqueline Rabelo Amadeus decoração flores bouquet buque calda véu arranjo de cabelo penteado massagem brinco tiara arranjo velas iluminação cênica DJ banda convite bolo decorado Buffet Cléo perrela Tereza Cavalcanti santa Lúcia catarina  salão de festas decoradora cerimonial terno fraque dama pajem entrada das Mariângela Maria Antônia Marcus martineli carro carruagem altar coral musica músicos religiosos pirulito piriguete santo Antonio jogar o lembrancinha BM casado, macarron toalha arranjo corredor chuva de arroz pétalas bolinha de sabão álbum de noivinho de biscuit bisqui casalzinho bombom trufa doces decorados prato quente garçon recepcionista segurança confirmação lista de presente padrinhos madrinhas cortejo bíblia avó Graciele Aguiar Facebook portifólio acessóro agradecimento balão pista de dança pisca pisca brinde bebida bracelete cabide ar livre celta chinelo sapatilha segurando o choro chá de ligerie flor na lapela fotos de artifiios fornecedores sensual sensuais primeira noite  cupcake chá de panela coração picado passar a gravata cortar picar leque lenço kit ressaca guardanapo de linho pano papel lembrete luva luvas Mac]ã do amor bombom bombons caixinha missal palito decorado sapato do noivo unha veuzinho para solteira fita fitas árvore dos dedinhos tags sorvete jantar prato quente salgado cardápio gravidez gestante acompanhamento recém nascido bebê criança newborn parto hospital minas gerais save the date noivado intimo pequeno comida de boteco cinta liga boneco salgadinho salgado ritual tradição costume forminha tabela SPA alugar dica sandália coque solto belvedere Maria rainha mãe manto mantilha aluguel apartamento casa entrando sozinha
Sobre a Autora: Fotografia 
Graciele Aguiar
Este blog foi criado inicialmente para mostrar as minhas clientes, muitas coisas interessantes e bonitas que eu fui vendo nas redes. Passei a pouco a publicar minhas fotos assinadas também, pois adoro registrar casamentos e eternizar em imagens, os momentos mais especiais da vida das minhas noivas. E depois, fotografar os bebês que sempre surgem do amor do casal. Sou psicóloga, casada há 25 anos, mãe de 3 ex-nenenzinhos que já viraram adultos e tenho 48 anos.          Sou de Divinópolis e moro em Belo Horizonte Querendo orçar foto e filmagem para seu casamento ou esclarecer  algo que eu postei, aqui estão os meus contatos:  (31) 3088 2953, 3464 4436 e 9615 1690 E-mail: graciele@gracieleaguiar.com.br 
Facebook: www.facebook.com/gracieleaguiarfotografiabelohorizonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails