3 de fev de 2011

Vamos colocar os pés no chão?


Chega o noivado (ou até antes) e a empolgação toma conta principalmente das noivas... (convenhamos que os noivos não achariam nem um pouquinho ruim casar de bermuda, sem

camisa e com um fuleiro par de havaianas... ).


Pensamos em cada detalhe, inventamos tudo o que é possível e impossível... mas isso tudo gera gastos e que devem ser pensados...
Nada pior que o seu casamento se desgastar por causa de dinheiro, então...

1) Avalie a sua real condição financeira.

2) Veja quanto você poderá despender mensalmente para os preparativos do casamento

3) Pague suas dívidas, antes de começar outras.

4) Estabeleça prioridades. Avalie o que é realmente necessário para o seu casamento. Convenhamos que o mesmo pode ser maravilhoso, sem uma cascata de chocolate ou lembrancinhas caríííssimas. Depois de providenciado o ESSENCIAL, veja o que pode ser incluído. Mas não deixe o impulso tomar conta de você.

5) Peça orçamentos... muitos!!! Nunca se "atire" de cara no primeiro fornecedor que for visitar... Pesquise, analise custo x benefício, peça descontos. Os fornecedores sempre colocam um percentual a mais nos serviços disponíveis, já prevendo essa negociação.

6) Dentro do possível, pague os serviços à vista.

7) Se tiver alguma habilidade para trabalhos manuais, veja a possibilidade de fazer alguns itens para o casamento, como lembrancinhas, arranjos, doces, etc.
A internet disponibiliza inúmeros passo-a-passos de todo o tipo de coisas...
Com certeza alguma deles você poderá fazer...

8) Caso tenha alguma conhecida ou amiga que faça algum tipo de trabalho que possa incluir no seu casamento, contate-a!
Com certeza ela ficará felicíssima de poder ajudá-la!!!

9) Na medida do possível, peça emprestado ou alugue o que precisar. Utilize o que tem em casa... Comprar vai gerar um custo muito alto e depois você terá muita coisa sem uso para "entulhar" sua casa nova!

10) Pesquise o que puder em relação a flores da estação.
Os arranjos podem custar cerca de 40% a mais se forem com flores fora de época. Outra coisa que pode fazer é pesquisar modelos de arranjos que se utilizem mais do efeito do que da quantidade de flores.
Velas também custam barato e conferem um efeito requintado e acolhedor à sua decoração.

11) Tome cuidado com a decoração na cor branca!
Ela costuma ser de 30% a 40% mais cara que as outras, pois você precisa de muito mais flores e outros elementos decorativos para "preencher" o espaço e causar o efeito desejado.
Quanto mais vibrantes forem as cores, menos você precisará investir, pois elas dão uma impressão de preenchimento bem maior que os tons claros.

12)Não seja orgulhosa! Se algum amigo lhe oferecer ajuda, aceite-a!
Isso aproxima as pessoas e normalmente elas se sentem lisongeadas de terem participado da concretização de seu sonho!

13) Ao solicitar um orçamento tenha bem em mente o que deseja.
Se o seu objetivo não estiver bem claro, podem lhe incutir a idéia de que você necessita de algo nem tão importante assim e ainda lhe poupa de transtornos decorrentes da falta de objetividade na hora de fazer o contrato. Não deixe nada sub-entendido.

14) Falando em contratos... faça contratos com todos os seus fornecedores... pode lhe poupar de muita dor de cabeça!
Especifique detalhadamente cada item a ser contratado e, inclusive, o possível percentual a ser aumentado, caso o serviço seja contratado com bastante antecedência. Lembre-se de estipular marcas, tipos, etc, para que, caso tenha mais alguma "crise financeira" no meio do caminho, o fornecedor não acabe por diminuir a qualidade do que foi contratado para não ter prejuízo.

15) Evite convidar muitas daminhas e pajens. Quando você convida, me parece indelicado não pagar o aluguel ou a confecção dos trajes.
16) Faça tudo com antecedência.
A pressa é inimiga da perfeição (e da economia também!).

16) Seja criteriosa na escolha de seus convidados. Ninguém é obrigado a convidar aquela criatura que viu você nascer ( e você não vê há anos!) ou o primo do primo do seu primo...

Quem vai pagar a conta vai ser você!

17) Seja organizada! Guarde todos os contratos e comprovantes de pagamento em uma pasta específica.
Elabore planilhas de controle, faça previsões de gastos, atualize seus orçamentos!

18) Pense bem antes de contratar qualquer serviço, mas não poupe com a sua produção e a de seu noivo!
Vocês são as peças principais do casamento!

19) Alugue ou compre o vestido dos seus sonhos (1º aluguel é uma ótima pedida!).
Procure trajes que os valorizem realmente, com bom corte e caimento!

Cuidem de vocês com carinho!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails